Barba Azul

Este texto contem menções a marcas bens ao serviço

Atenção:

– Prosiga por sua conta e risco.
– Não aconselhavel a pessoas susceptiveis a ataques epilecticos, por falta de conteudo ou nexo.
– Manter fora do alcançe das crianças.
– O proximo conto contem um fim…

Esta, é a história do pirata Barba Azul e do seu tesouro escondido.

BARBA AZUL
E o seu tesouro escondido

O ano era o de 1486.
Estamos no tempo em que podemos contar com uma emboscada pirata á esquina de qualquer corrente marítima.
Esta é uma altura de terror constante em que só os mais fortes sobreviviam e os mais fracos tambem.
Foi nesta altura ( mais coisa menos coisa de centenas de anos ) que um pirata, de seu nome Malaquias Gilberto Alfredo de Jesus, mais conhecido por todos pela abreviatura de seu nome, Barba Azul, decidiu, muito astutamente, assegurou que ninguem lhe roubava o tesouro que tinha vindo a fanar durante todos estes anos. Pirata Barba Azul, por ultimamente se ter vindo a queixar do seu estado de saude, num dos seus ultimos saques, enquanto roubava um médico, queixou-se de uma dor de cabeça. O médico, preocupado com este criminoso que o roubava na altura, avisou-lhe para andar sempre com um chapéu, pois o sol no mar, á tarde podia ficar muito quente. Barba Azul riu-se descontroladamente na cara da sua vítima. Mais tarde o pirata pareceu. No dia de sua parecença, uma equipa do FBI foi chamada ao local do crime, por o falecido ter parecido de uma maneira desconhecida e muito estranha.
Durante muitos anos este caso ficou por resolver…


Por motivos que agora não interessam á historia…

…dentro de um grande armario de sua cor bege com suaves traços castanhos.

Até que…. tchantchan tchan

Mulder pegando no ficheiro da parecença de Barba Azul, que já estava arquivado á mais de 10 anos, lembrou-se que hoje era o dia da parecença de Barba Azul.


Que coincidencia, coisa mais estranha

Na pasta do ficheiro podia-se ler:

“ Ficheiro – X – Casos com mais de 10 anos.”

Na primeira página do ficheiro estava escrito:

“ Olá Jim! (nome de código de Mulder no FBI) O caso de hoje caso queiras aceitar é investigar o caso da parecença, ou lá o que é isso, misteriosa da morte de um pirata.
Uma equipa de agentes já foi selecionada pelas suas especilalidades.”

– Tu. Porque és o actor principal.
– Scully. Porque tem conhecimentos de autopisia, porque é a minha sobrinha e tem uma cara geitosa para chamar a audiencia

“Se fores apanhado pelas forças inimigas o governo negará qualquer conhecimento dos teus actos”

“Boa sorte”

“Esta mensagem auto-destruirse-a dentro de 5 segundos”

E chamou Scully para investigar o caso…
Depois do genérico acabar e o episódio dos ficheiros secretos começar, ficámos a saber que a parecença mistériosa de Barba Azul ficaria para todo o sempre inexplicavel. Devido aos dois personagens da série se terem envolvido numa cena de erotismo, que foi crescendo durante todo o episódio mas que não deu em nada, acabando derrepente por os dois agentes especias, se engasgarem com o fumo que vinha da audiencia, mais expecificamente do Malboro man que ao chegar ao local da autópsia viu os dois agentes envolvidos em um clima de tensão erotica e pos-se a fumar cigarros nervosamente que era uma coisa parva.
O local onde Barba Azul enterrou o tesouro ficou desconhecido para toda a gente. Quer para a tripulação por o pirata não confiar neles, quer para a sua mulher, porque nunca queria ouvir os problemas que o marido tinha no trabalho. O único quase a saber do local misterioso foi o seu papagaio, que infelizmente mesmo sabendo falar não sabia o que estáva a dizer.

Ficará o tesouro escondido para todo o sempre?
Qual o verdadeiro motivo da parecença do pirata?
O papagaio irá dizer mesmo sem saber onde o tesouro está escondido?

Fiquem para ver a segunda parte da historia de pirata Barba Azul….

Vários anuncios publicitários depois.

Bem vindos á segunda parte … e agora a história.

Num destes dias de hoje em dia…..
Anoiteceu, o céu está limpo, lá em cima no céu as estrelas brilham, os pássaros em silencio vão chilreando, a brisa bate leve levemente será chuva será gente?
As pessoas nos seus lares sentadas confortavelmente estão a ver um filme que passa na RTP1 pela quinquagecima oitava vez na televisão nacional portuguesa no mesmo ano. Pela janela de uma casa pode-se ver uma estelinha tremeluzir. Esta estrela parece deslocar-se pelo céu.

…E está mesmo e está mesmo.

Á medida que se vai aproximando podemos ver que é a fada madrinha do pirata barba azul.
Dirigindo-se ao cemiterio “Mortes Antigas dos Tristes Piratas que Pareceram em vez de Morrer em Missão” onde Barba Azul foi sepultado, foi pairar por cima da campa onde o pirata parecia descansado da vida.
Uns pózinhos de perlimpimpim, um movimento rotativo constante e vigoroso 3 vezes consecutivas da varinha mágica para o lado esquerdo e uma para o lado direito com um cantarolar de uma musica da Agatha, Barba Azul acordou….
Muito admirado disse ao memos tempo que perguntava:

– Quem teve a ousadia de me acrodar?


Nota: ele disse mesmo acrodar não fui eu que me enganei a escrever e não quis voltar a trás para emendar e depois me lembrei que podia por este texto explicativo nem nada … sério.

Barba Azul faz uma nova pergunta…


Muito atentamente e com curiosidado vamos ouvir o que ele tem para dizer

– Que horas são? Que dia é hoje?

A sua fada madrinha responde:

– Hoje é dia de bacalhau no sitio do costume só a €3.99

Barba Azul com uma expressão muito incredula pergunta:

– Como é que fizeste isso? Como é que falaste e não mexeste a boca?

Ao qual novamente uma voz off responde explicando:

– É fácil, escreves umas frases, agarras em €100.00 e pedes ao António Macedo para gravar as frases para uma cassete. Depois só tens que andar com um leitor de cassetes no bolso. Mas não te podes esquecer de comprar pilhas alcalinas e não daquelas pilhas que compras nas casas onde tudo custa 300$00 apesar de já não haver essa moeda.

Pergunta Barba azul:

– E as alcalinas resultam?

Logo a fada madrinha responde:

– Claro que resulta eu vi na televisão, tá comprovado. Juntas uns 5 coelhos ensina-os a tocar pratos e pintas-os de cor de rosa, o que tiver pilhas alcalinas dura e dura e dura.

Barba Azul:

– Mas quem és tu ó criatura dos confins da terra que usa uma varinha mágica da Moulinex?

A fada:

– Não me conheçes? Poças desde que fiz a plastica que isto acontece sou a Olga Cardoso, mais conhecida como a amiga …..
Ao ouvir isto e não deixando a fada acabar a sua frase o pirata põs-se a correr desalmadamente aos gritos e com as mãos na cara em direção á camera de filmar ao estilo de sózinho em casa.
Cansado de correr, senta-se para descansar arfando fogazmente. Sempre que expirava quem tivesse com mais atenção podia ouvir um som ser produzido pela saida do ar que quase parecia dizer, a chave, a chave.


Perceberam? A chave, a chave como no concurso da “amiga Olga”, eu sou um génio hum,hum
é claro que não devem de tar a perceber.
A esta hora tambem a propria amiga olga pareceu.
Será que ainda há alguem nesta terra que se lembra da amiga olga?
Tirando claro está os proprios amigos e familiares da amiga olga
Que tambem esses não se lembram :P

Ao recuperar o folgo e levantando a sua cabeça para ver onde estava… Reparou que se encontrava muito perto onde, anos mais tarde, antes de morrer, tinha enterrado o seu valioso tesouro. Ao caminhar para o local “X” ficou espantando quando deparou com o He-Man a guardar o local do tesouro. Perguntou ao He-man:

– He-Man, o que estás aqui a fazer?

Respondendo He-Man disse:

– Tou a trabalhar part-time a fazer turnos com o skeletor e o conan o rapaz do futuro, para o grupo 8. A She-Ra engravidou e tenho que ganhar mais algum para conseguir sustentar o puto mais o leão. Tenho que comprar uma espada nova que esta enferrojou, o que achas das espadas ginsu? Vi um anuncio na televisão aquilo é mesmo bom. Se queres o tesouro escondido pelo Barba Azul o qual ninguem sabe onde ele está, bem podes tirar o cavalinho da chuva.

– Mas o tesouro é meu.

– Pois e agora vais dizer que és o Barba Azul, desde que eles passaram nas noticas que o tesouro escondido, que niguem sabia que exisitia ou onde ele estava, estava a ser guardado pelo grupo 8 que não deixam da passar por aqui Barbas Azuis. Tens ai os documentos que comprovam que és o Barba Azul, B.I. vá mostra lá isso.

– Eu sou uma personagem ficticia eu não tenho nenhum B.I. Mas eu sou o Barba Azul tu conheçes-me anda-mos os dois no mesmo livro de B.D. no ano passado.

– Pois pois, conversas, Para provares que és mesmo o Barba Azul tens que ganhar uma prova contra mim que só o Barba Azul conseguia ganhar. Provando desta maneira que tu, Barba Azul és mesmo o Barba Azul, meu amigo de longa data que eu conheço tão bem. Que infelizmente pareceu e recentemente foi ressuscitado pela amiga Olga. Que logo assim que ressuscitou se dirigiu junto do local onde tinha enterrado o tesouro e se espantou quando lá viu o He-Man, seu amigo, que guardava o tesouro e que não o entregava a ti e fez Barbar Azul passar por uma prova para provar que era mesmo ele mas que antes disso lhe explicou num longo texto igual a este que te estou a dizer que só o verdadeiro Barba Azul conseguiria passar nessa prova. Mas o mais estranho era que He-Man sabia o que se tinha passado com ele em outra parte da cidade, no qual ele não estáva na altura e que quando o amigo foi ter com ele He-Man explicou o que lá estava a fazer … haaa … não … ele chegou e táva lá eu e depois expliquei a ele …. Quê? Eu já tinha dito isto? … ai …. era o amigo que … hummm … que …. não era ou era?

He-Man, ao fazer esta ultima pergunta, para se orientar na simples história que o confundira, olhou para Barba Azul e constatou que o seu amigo lhe tinha tirado a espada mágica e estáva prestes a auto decapitar-se, de tanto tédio da explicação.

– Nãooooo.

Disse He-Man, ao ver esta tamanha desgraça prestes a aconteçer.

E continuou.

– Não te podes matar senão os leitores ficam com um final de história sem pés nem cabeça.


Gostaram deste trocadilho foi giro não foi? hehehe sou mesmo muita maluco, não sou?

– Ok! Diz-me só por favor no que é que consiste a prova em uma forma resumida e mais directa ao assunto humanamente possivel.

Acrescentou ainda…

– Cum Camandro.

He-Man explicou resumidamente no que consistia a prova.

– Para poderes provar, tens que lavar este kilometro e meio de loiça suja com 4 garrafas de um detergente normal enquanto eu lavo só com uma garrafa de fairy super pop limão, se tu conseguires acabar primeiro, ganhas a prova.

No dia seguinte ainda estáva He-Man a esfregar os restos de gordura das panelas e já estáva Barba Azul a comer doradinhos e a ver o teatro da villa de riba.

– Ganhaste-me, mas como conseguiste lavar tanta loiça tão depressa?
– Simples eu tomei RedBull que resuscita a mente e dá-te asas.

A musica “Assereje” das “las ketchup” começa a entuar.
Esta maravilhosa musica era proveniente do seu telemovel Nokia ultima geração extra + 3,


Daqueles que tiram fotografias e tudo


Era sua mãe que lhe estava a telefonar, para o lembrar que mais um episódio dos “casos da vida”, está prestes a começar. Muito apressado Barba Azul carrega no botão, do seu relogio brasileiro, que dizia, “cómonicadou, né”. E diz:

– Kittchi mi ven buscá.

Ao qual Kitt responde:

– Não posso Maicau Naite.

Kitt não podia mesmo, pois estáva nas garagens do Macgyver a experimentar um novo composto de Sonasol lava tudo e Tide Velvet, para lavar uma pastilha elastica da sua roda.
Barba Azul triste decide então passar á prova final que lhe dá acesso ao seu tesouro.
A máquina da verdade…
E começam as pergutas:

– Já alguma vez viu a pequena sereia?
– Bem eu…
– Bom, passemos á pegunta seguinte, segue atentamente os episódios da Heidi?
– Eu…
– Optimo, eu tambem. A propósito viu aquele episódio em que o avô ia acender o lume para aquecer a feijoada, e houve uma fuga de gás, e a casa explodiu?
– Bem eu…
– O que não viu? Bem passemos proxima pergunta. Qual ‚ a sua pesonagem
preferida da b.d.
– Bem a minha…
– Maior que a minha não é. Quantos anos-luz o espaço tem?
– Eu não…
– Quem ‚ o assasino do próximo episódio da telenovela Próxima vitima.
– É o…
– Quantos anos tem?
– 26
– Passemos então á leitura dos riscos, como é que isto se lê ah já sei.
O senhor deputado ‚ uma granda besta, ha, está ao contrário, sim, não, sim,
sim, sim, não sim, não. Declaro-o inocente, agora quero o pagamento.
– Voçê por acaso tem algum conhecimento sobre a profissão que exerce?
– Bem eu vou responder á sua pergunta o mais sinceramente possivel sem fugir
ao assunto, o que a maioria faz e até me espanta, se me permite opinar, de
tanta sinceridade e bem de o saber, e sem esconder qualquer tipo de facto real e ou qualquer…
– Obrigado já estou mais esclarecido.

De repente aparece Darth Vader, e tenta roubar o tesouro, mas vindos não se
sabe de onde, penso que da 3ª porta á esquerda a contar do fim do corredor, o morcego vermelho acompanhado pelo super pateta, que vinham de ferias da
gronelândia, salvaram o tesouro, e entregaram-no a barba azul, mas falharam
a pontaria e acertam com o tesouro no Barba azul, matando-o novamente, é
quando a fada madrinha dele entra em acção novamente, mas as suas pilhas da varinha magica estavam esgotadas e como o tesouro não podia ficar sem dono, o homen-aranha entrega-o á super avózinha, que o dá ao calimero que vai a casa da abelha maia chamar a minie porque o professor pardal tinha adoecido, o pato donald com o evento que o tio patinhas tinha recebido do luizinho que tinha emprestado aos irmãos Metralha que tinham roubado ao roger ajacto que o ia levar ao capitao america para ele pintar e para o oferecer a leopoldina porque tinha pedido ao cebolinha que tinha encontrado na quinta da vovó, pelo esquecimento do drácula que o tinha…


Peço desculpa pela interopção deste maravilhoso conto mas não me apetecia escrever mais

Este texto foi baseado na sua integridade em factos reais comprovados cientificamente.

Sobre alienmind

Um ser de outro mundo
Esta entrada foi publicada em AlienMind, Humor. ligação permanente.

Deixa um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s